contain  multitudes  •  por  Padma  Dorje  •  fundado  em  2003
contain  multitudes
Home > Budismo > Traduções > Contos de um Vagabundo Iluminado > Compaixão Clarividente

Compaixão Clarividente

CERTA VEZ PATRUL RINPOCHE DECIDIU oferecer cem mil prostrações para seu professor Mingyur Namkhai Dorje durante um ano inteiro. Mas este, o maior lama do Mosteiro Dzogchen, era totalmente imprevisível.

Logo que Patrul fazia uma prostração, o grande mestre levantava-se e prostrava-se a Patrul. Isso ocorria cada vez que Patrul começava a curvar-se diante do grande lama. Finalmente Patrul escondeu-se no templo, atrás do trono de Namkhai Dorje. Ali, invisível, ele oferecia discretamente suas prostrações.

Namkhai Dorje também era conhecido por sua clarividência desobstruída. Certa vez, Patrul Rinpoche parecia estar procurando por algo antes de sair, enquanto calçava os sapatos na porta do quarto. Namkhai Dorje disse: "Perdestes tua calçadeira? Está na campina perto do rio". O discípulo encontrou o que queria bem onde o mestre disse que estava.

Outra vez, ladrões entraram no templo do Mosteiro Dzogchen e roubaram joias do pescoço de uma estátua muito alta. Todos ficaram perplexos, pois o templo era fechado, e as joias pareciam inalcançáveis, tão alta era a estátua.

Quando Namkhai Dorje ficou sabendo do roubo, ele disse calmamente: "Conheço o ladrão". Ele entrou no primeiro andar, caminhou pelo parapeito dentro do templo, alcançou e retirou os ornamentos com uma vara longa.

Quando os monges foram checar, eles encontraram as marcas da passagem do ladrão e a vara, que havia sido deixada no parapeito. Apesar disto, Namkhai Dorje recusou-se a revelar a identidade do ladrão, pois o homem seria punido severamente se encontrado.

"Ele precisa de nossas orações, não de nossa punição", disse o idoso lama benevolente. "Possam as joias do Buda concederem a ele o tesouro da completude eterna e paz interior."





Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue — comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.
tzal.org é produzido por
Padma Dorje.

e-mail

boletim informativo

Tendrel: conexões auspiciosas
canal no YouTube




Banco do Brasil (001)
ag 3.240-9 cc 123.017-4



Sugestões de patronagem recorrente (mensal):








todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2019
(exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)
Licença Creative CommonsEste obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).

https://tzal.org/compaixao-clarividente/