contain  multitudes  •  por  Padma  Dorje  •  fundado  em  2003
contain  multitudes
Home > Budismo > Traduções > Contos de um Vagabundo Iluminado > Uma Fortaleza Assombrada

Uma Fortaleza Assombrada

Patrul Rinpoche ensinou o extenso clássico sânscrito Bodhicharyavatara em detalhe, de memória, mais de cem vezes. Seu próprio comentário escrito, elucidando a essência da Bodicita e as Seis Perfeições, é um clássico tibetano.

Durante a segunda metade de sua vida produtiva, este mestre manteve o voto de jamais dormir sob um teto e vivia como um iogue mendicante. Patrul era vegetariano, nunca cavalgou ou explorou animais de carga, não acumulou posses ou séquito, e realmente incorporava a Grande Compaixão, Avalokitesvara. Patrul era o renascimento de Shantideva.

EM NYARONG HAVIA uma fortaleza assombrada cujos espíritos eram ouvidos berrando alto, mesmo à luz do dia. Ninguém ousava chegar perto.

Uma vez, ao fim de alguns ensinamentos, Patrul Rinpoche disse que se alguém fosse na fortaleza e recitasse o Bodhicharyavatara cem vezes, os espíritos se libertariam. Um discípulo próximo, Tsanyak Sherab, imediatamente ofereceu-se. Todos os nativos sacudiram as cabeças, temendo que nunca mais veriam o popular lama de novo — que pena!

Chegando na fortaleza assombrada, o corajoso Tsanyak Sherab jogou sua almofada no chão de um recinto vazio. Então gerou intensa compaixão e Bodicita altruísta, meditou na vacuidade, e começou a recitar alto os dez capítulos do Bodhicharya-avatara, de Shantideva.

Dia após dia, ele continuou. Quando os nativos viram fumaça saindo do fogo que Sherab acendeu para ferver água para o chá, eles exclamaram: "Ele não está morto!". Um dos mais bravos nativos reuniu sua coragem e foi ver o que havia acontecido na fortaleza assombrada.

Para sua surpresa, encontrou Sherab pacificamente ensinando a escritura para uma audiência invisível. Depois o homem voltou e relatou os fatos; dia após dia, mais nativos viajavam ao forte para ouvir. Quando Sherab estava alcançando sua centésima recitação do extenso livro, a vila inteira sentava em êxtase perante ele.

Misteriosamente, dali em diante, nenhum espírito gritou novamente. Ao contrário, frequentemente as pessoas iam ali para rezar, meditar e ser inspiradas pela lembrança da presença de Patrul.





Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue — comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.
tzal.org é produzido por
Padma Dorje.

e-mail

boletim informativo

Tendrel: conexões auspiciosas
canal no YouTube




Banco do Brasil (001)
ag 3.240-9 cc 123.017-4



Sugestões de patronagem recorrente (mensal):








todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2019
(exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)
Licença Creative CommonsEste obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).

https://tzal.org/uma-fortaleza-assombrada/