contain  multitudes  •  por  Padma  Dorje  •  fundado  em  2003
contain  multitudes
tzal.org

Volição, negligência e carma

O Buda disse que carma é ação volitiva. Porém, volição para o budismo inclui qualquer ação cometida com uma aflição mental em mente. Portanto ignorância, não se importar com os outros e desprezo são elementos ativos, pelos quais somos responsáveis.
tzal.org

Não desencorajar a aspiração de prática intensa dos outros

A prática monástica ou a prática intensa dos iogues pode não ser para nós, mas ainda assim, ela possui grande mérito.
tzal.org

Não pegue um mantra por aí

É adequado simplesmente repetir qualquer mantra que se acha pela internet?
tzal.org

Tendrel - lista completa de vídeos

Todos os vídeos lançados no canal Tendrel.
tzal.org

O eu não tem nenhum tipo de existência

Alguns budistas na internet afirmam que o eu existe de forma relativa. Como escapar dessa ideia absurda?
tzal.org

O estágio do desenvolvimento

No vajrayana a prática principal da união de shamatha e vipassana é muitas vezes dividida em duas etapas principais, a criação ou visualização de uma deidade, e a dissolução dessa visualização. O que há para estudar sobre o estágio do desenvolvimento?
tzal.org

Superstição, imperialismo cultural e reprodutibilidade

Este é um comentário sobre uma colocação de Dzongsar Khyentse Rinpoche no Facebook em 2019 onde ele trata das distorções nas adaptações do darma à modernidade onde o conceito de “superstição” é aplicado ao budismo sem o contexto cultural adequadamente traduzido. Ele chama essa prática de uma forma de genocídio cultural “pacífico”. Rinpoche critica a atitude subserviente à ciência de alguns budistas modernos.
tzal.org

O Buda não é humano

Embora para nós o Buda tenha tido a compaixão de aparecer na forma humana, ele mesmo disse que não era um deus, que não era um demônio, e que não era um ser humano -- mas que apenas era “desperto”. O que isso implica? Será que um Buda está sujeito aos impulsos humanos, que são próprios do processo de adaptação biológica?
tzal.org

Oito aspirações grandiosas

Oito coisas que os seres grandiosos pensam vez após vez. Sempre podemos nos acostumar a pensar como eles, não é mesmo?
tzal.org

Usando hábitos contra hábitos

Ao praticar o darma com esforço, geramos hábitos. No entanto, é bem verdade que todos os hábitos são construções que potencialmente aprisionam. Como isso funciona na prática? E por que é necessário praticar com esforço e gerar hábitos positivos?
tzal.org

O Buda ficou em silêncio ao ser perguntado sobre um criador?

Por que o Buda às vezes não respondia, ou respondia com o silêncio nobre? Esse foi o caso com a noção de um deus criador? (Não, o Buda não ficou em silêncio sobre isso, e sim, ele refutou um criador.)



Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue — comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.
tzal.org é produzido por
Padma Dorje.

e-mail

boletim informativo




Banco do Brasil (001)
ag 3.240-9 cc 123.017-4



Sugestões de patronagem recorrente (mensal):








todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2020
(exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)
Licença Creative CommonsEste obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).

https://tzal.org/novidades/