contain  multitudes  •  por  Padma  Dorje  •  fundado  em  2003
contain  multitudes
HomeBudismoÁudio e vídeoTendrelAtingir o nirvana é desaparecer?

Atingir o nirvana é desaparecer?

A palavra “nirvana” é traduzida como “cessação”, e muita gente por isso acha que nirvana é desaparecer do mundo. Essas pessoas estão erradas, mas por que?





Por favor, ajude o canal o assinando, curtindo os vídeos e comentando.

• Para receber informações sobre a produção de Padma Dorje, assine o boletim informativo

• Por favor ajude este site e o canal no YouTube a continuarem oferecendo conteúdo.

Lista completa de vídeos no canal tendrel, com descrição.

• Visite o Canal Tendrel no YouTube.

Contribuições e perguntas podem ser feitas por email padma.dorje@gmail.com.

O conceito de iluminação é europeu, e penetrou o budismo a partir do séc XVII. Como é isso?tzal.org

O que é a iluminação?

O conceito de iluminação é europeu, e penetrou o budismo a partir do séc XVII. Como é isso?
Quando nos iluminamos, podemos abandonar o darma? Mas se não há fixação, por que aceitar ou abandonar qualquer coisa?tzal.org

Manter a aparência de um darma elaborado (ou não)

Quando nos iluminamos, podemos abandonar o darma? Mas se não há fixação, por que aceitar ou abandonar qualquer coisa?
O Buda é um exemplo de sua realização incondicionada, o darma é um exemplo da expressão compassiva da realização incondicionada, e a sangha é um exemplo da intenção iluminada da realização incondicionada.tzal.org

O que é refúgio?

O Buda é um exemplo de sua realização incondicionada, o darma é um exemplo da expressão compassiva da realização incondicionada, e a sangha é um exemplo da intenção iluminada da realização incondicionada.
Será que era melhor nunca ter existido, já que o budismo diz que a vida é sofrimento? Não é bem assim.tzal.org

Melhor nunca ter nascido?

Será que era melhor nunca ter existido, já que o budismo diz que a vida é sofrimento? Não é bem assim.



Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue -- comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.


Tigela de esmolas para contribuições.

Ajude tzal.org (contribuições mensais):

• PayPal, em qualquer valor acima de 10 reais

• Stripe, 30 reais por mês

• Mercado pago, contribuição mensal de qualquer valor.


Para contribuição única:

• Pelo PIX

• PayPal

• Stripe

• Mercado Pago



todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2024
(exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)

Esta obra é licenciada em termos da CC BY-NC-ND 4.0 Creative Commons. Atribuição. Não comercial. Sem derivações.



Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).