contain  multitudes  •  por  Padma  Dorje  •  fundado  em  2003
contain  multitudes
HomeBudismoÁudio e vídeoTendrelComo o budismo vê ter filhos

Como o budismo vê ter filhos

Como tudo é cheio de sofrimento, será que vale trazer mais seres humanos a esse planeta? Na visão budista, sim, vale muito.





Por favor, ajude o canal o assinando, curtindo os vídeos e comentando.

• Para receber informações sobre a produção de Padma Dorje, assine o boletim informativo

• Por favor ajude este site e o canal no YouTube a continuarem oferecendo conteúdo.

Lista completa de vídeos no canal tendrel, com descrição.

• Visite o Canal Tendrel no YouTube.

Contribuições e perguntas podem ser feitas por email padma.dorje@gmail.com.

O materialismo é uma crença metafísica monista, mas como ela se equipara perante as noções budistas dos extremos do eternalismo e do niilismo?tzal.org

O materialismo é eternalista ou niilista?

O materialismo é uma crença metafísica monista, mas como ela se equipara perante as noções budistas dos extremos do eternalismo e do niilismo?
A palavra “nirvana” é traduzida como “cessação”, e muita gente por isso acha que nirvana é desaparecer do mundo. Essas pessoas estão erradas, mas por que?tzal.org

Atingir o nirvana é desaparecer?

A palavra “nirvana” é traduzida como “cessação”, e muita gente por isso acha que nirvana é desaparecer do mundo. Essas pessoas estão erradas, mas por que?
A primeira nobre verdade é que todas as coisas compostas são insatisfatórias. Porém, devemos praticar o regozijo e o contentamento quanto a nossas qualidades e boas condições, por mais precárias que pareçam, e da mesma forma nutrir grande insatisfação pela forma medíocre com que temos nos engajado no darma. Como é isso?tzal.org

Insatisfatoriedade e contentamento

A primeira nobre verdade é que todas as coisas compostas são insatisfatórias. Porém, devemos praticar o regozijo e o contentamento quanto a nossas qualidades e boas condições, por mais precárias que pareçam, e da mesma forma nutrir grande insatisfação pela forma medíocre com que temos nos engajado no darma. Como é isso?
A perspectiva correta de assimilar os ensinamentos (princípio de caridade, em filosofia) não é tentar encontrar algo eternalista neles, mas sim, verificar porque não são ou não devem ser eternalistas.tzal.org

Entendimento errôneo, entendimento eternalista

A perspectiva correta de assimilar os ensinamentos (princípio de caridade, em filosofia) não é tentar encontrar algo eternalista neles, mas sim, verificar porque não são ou não devem ser eternalistas.



Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue -- comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.


Tigela de esmolas para contribuições.

Ajude tzal.org (contribuições mensais):

• PayPal, em qualquer valor acima de 10 reais

• Stripe, 30 reais por mês

• Mercado pago, contribuição mensal de qualquer valor.


Para contribuição única:

• Pelo PIX

• PayPal

• Stripe

• Mercado Pago



todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2024
(exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)

Esta obra é licenciada em termos da CC BY-NC-ND 4.0 Creative Commons. Atribuição. Não comercial. Sem derivações.



Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).