contain  multitudes  •  por  Padma  Dorje  •  fundado  em  2003
contain  multitudes
Home > Budismo > Traduções > A agulha afiada

A agulha afiada



(Recitação em inglês.)

Por Shabkar

Mestre, do reino invisível onde estás,
olhe por esta pessoa miserável!
 
Apontarei meus próprios defeitos
Como eu removeria pulgas com os dedos,
Jogarei meus defeitos porta afora,
Como eu tiraria um espinho de meu pé e o descartaria.
 
Você, Shabkar —
Você obteve um nascimento humano favorável e dotado de liberdades,1A reflexão sobre o nascimento humano precioso que é a primeira etapa na prática do ngondro lista 8 qualidades e 10 liberdades necessárias para a prática do darma. A esta lista algumas vezes são adicionadas 36 circunstâncias secundárias favoráveis. Ao refletir sobre a raridade de todas essas condições estarem presentes, e sobre o fato dessa situação ser bastante instável e temporária, surge urgência para a prática do darma.
Você encontrou um lama, corporificação de todos os Budas,
Você recebeu suas instruções vastas e profundas.

Como resultado de ter ouvido o darma e contemplado sobre seu sentido,
Seu corpo, fala e mente deveriam ter se tornado serenos e bem domados,
Mas não se tornaram. Ficaram piores!
 
Suas emoções obscurecedoras deveriam ter diminuído;
Mas não diminuiram. Ficaram piores!

Sua mente deveria ter melhorado,
Mas não melhorou. Ficou pior!
 
Eis o que você é:
Um saco cheio da riqueza e comida oferecidas pelos devotos,
Um touro que dorme como um cadáver,
Uma cobra cheia de ódio,
Um pássaro cheio de desejo,
Um porco cheio de estupidez,
Um leão cheio de orgulho,
Um cão cheio de inveja,
Um fantasma faminto cheio de sensação de miséria,
Um açougueiro sedento por infligir tormento,
Um canibal que se deleita na carne e no sangue.
 
Com relação ao lama, que é todos os Budas num só ser,
Falta a devoção que traz lágrimas aos olhos.
 
Com relação aos irmãos e irmãs do darma,
Falta a percepção pura de reconhecê-los como deidades.

Com relação a todos os seres, cada um dos quais já foi sua mãe,
Falta a compaixão que faz arrepiar os pelos do corpo.
 
Com relação as instruções vastas e profundas,
Falta a diligência que coloca alguém na direção da prática.
 
Sem fé ou respeito,
Você é um quebrador de samaya2Samaya (dam tshig em tibetano): os votos do vajrayana, que dizem respeito à visão pura de nosso professor, relações harmoniosas com os colegas de prática, e compromisso com a prática. reincidente,
 
Sem percepção pura,
Você não tem vergonha.
 
Sem compaixão,
Seu coração está podre.
 
Sem prática de meditação,
Você é completamente preguiçoso.
 
Sem reconhecer as próprias faltas,
Você é cego.
 
Proclamando as faltas dos outros,
Você é um tagarela.
 
Você é uma âncora despencando nas profundezas do inferno:
Você acumulou tanto carma ruim,
Ó acumulador de maldade destituído do darma.
 
Que traidor que você é,
Traindo o lama, que é todos os Budas dos três tempos.
 
Que traidor que você é,
Traindo os irmãos e irmãs vajra que mantém o samaya puro.

Que distorcedor dos ensinamentos que você é,
Maculando a imagem do darma.
 
Que charlatão que você é,
Com essa aparência externa de praticante,
Mas ainda assim agindo contra o darma,
E reclamando das faltas dos companheiros de prática.
 
Você é um morto-vivo — um zumbi, um cadáver ambulante.
Mesmo caso você não esteja possuído por Maras, você está bem louco.

Seu boneco de palha, de onde você veio?
Homem de maus presságios, de onde você veio?
 
Olhe bem para sua “diligência”:
É só comer, beber e dormir que nem um cadáver!
 
Olhe para o quanto você teimosamente se recusa a seguir o caminho da virtude,
Tropeçando como uma mula exausta!
 
Olhe para como, mais rápido do que qualquer outro,
Você despenca na direção do mal como uma cachoeira!
 
Você não é capaz de tolerar uma só crítica;
Repare bem como sua face se contorce de raiva!
 
Você é um saco de quebras e faltas —
Para quem você devolveu seus votos?
 
Você carrega um grande peso de ações negativas;
Onde estão suas virtudes?
 
Você é um saco enorme de defeitos;
Quem roubou todas as suas boas qualidades?
 
Você está carregado até a borda das oito preocupações mundanas;
O que você fez com o darma sagrado?
 
Você não é nada parecido com um praticante do darma —
Não tem vergonha?

Cachorro velho sem rabo,
Vá lá ficar com os outros cães!
 
Boi com dentes humanos
Vá lá ficar com seu rebanho!
 
Caso você insista em ficar,
Vai ousar se comportar como antes?
 
Cara,
Se você tem algum amor-próprio,
Um coração no peito,
Miolos na cabeça,
Alguma boa-vontade para consigo mesmo
Arrependa-se das ações passadas!
Melhore seu comportamento!
Agora é a hora! Já está tarde!
 
Veja como
Tudo que nasce vem a morrer,
Tudo que é acumulado se dissipa,
Tudo que é reunido se separa,
E tudo, absolutamente tudo, não tem essência:
Atividades sem sentido devem ser abandonadas.
 
Para praticar o essencial, o darma sagrado,
É preciso se esforçar de acordo
com as palavras do lama e dos vitoriosos.
Ó Lama e Três Joias, olhem por mim com compaixão!
 
Minhas ações passadas foram erradas,
Eu me arrependo delas do fundo do coração,
Eu as confesso, e me comprometo a nunca mais cometê-las.
 
Concedam suas bênçãos
Para que eu possa agir de acordo com o darma.
Concedam suas bênçãos
Para que eu possa manter o Vinaya.
Concedam suas bênçãos
Para que eu possa seguir os Sutras.
Concedam suas bênçãos
Para que eu possa praticar de acordo com o Abhidharma.
Concedam suas bênçãos
Para que eu possa realizar o Mantrayana Secreto!3Vinaya: os preceitos para leigos e monges. Sutras: os discursos do Buda. Abhidharma: a apresentação sistemática dos fenômenos, inclusive estados mentais. Estes três constituem as três sessões do cânenone budista, conhecidos como três cestos (Tripitaka), ao qual é adicionado o "pitaka do mantra secreto", os tantras do vajrayana.

Retirado de On the Path to Enlightenment: Heart Advice from the Great Tibetan Masters e traduzido por Padma Dorje em novembro de 2018.



1. ^ A reflexão sobre o nascimento humano precioso que é a primeira etapa na prática do ngondro lista 8 qualidades e 10 liberdades necessárias para a prática do darma. A esta lista algumas vezes são adicionadas 36 circunstâncias secundárias favoráveis. Ao refletir sobre a raridade de todas essas condições estarem presentes, e sobre o fato dessa situação ser bastante instável e temporária, surge urgência para a prática do darma.

2. ^ Samaya (dam tshig em tibetano): os votos do vajrayana, que dizem respeito à visão pura de nosso professor, relações harmoniosas com os colegas de prática, e compromisso com a prática.

3. ^ Vinaya: os preceitos para leigos e monges. Sutras: os discursos do Buda. Abhidharma: a apresentação sistemática dos fenômenos, inclusive estados mentais. Estes três constituem as três sessões do cânenone budista, conhecidos como três cestos (Tripitaka), ao qual é adicionado o "pitaka do mantra secreto", os tantras do vajrayana.


tzal.org

Mahasiddha Darikapa

O rei-escravo da prostituta do templo
tzal.org

O que é “realização” no budismo?

Uma discussão sobre a tradução do termo, e sobre as várias ideias de realização no budismo vajrayana, em termos tais como siddhi, sadhana, druptchen, e mendrup.
tzal.org

O uso do termo “oriental”:
o politicamente correto e o budismo

Por que evitar certas terminologias ao se referir ao estudo acadêmico do budismo e outros pensamentos asiáticos ou do mundo semita?



Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue — comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.
tzal.org é produzido por
Padma Dorje.

e-mail

boletim informativo

Tendrel: conexões auspiciosas
canal no YouTube




Banco do Brasil (001)
ag 3.240-9 cc 123.017-4



Sugestões de patronagem recorrente (mensal):








todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2018
(exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)
Licença Creative CommonsEste obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).

https://tzal.org/a-agulha-afiada/