contain  multitudes  •  por  Padma  Dorje  •  fundado  em  2003
contain  multitudes
Home > Budismo > Áudio e vídeo > Tendrel > 10 mil éons perdido no nirvana

10 mil éons perdido no nirvana


Para atingir o reconhecimento completo da vacuidade, qual é o caminho mais rápido? O shravakayana, o mahayana ou o vajrayana?

Clickbait
A pressa é toda das mães com cabelos em chamas

mp3 do podcast.

Mipham's Beacon of Certainty (a tradução de John Whitney Pettit na amazon.com.br).

Estudo de o Farol da Certeza, anotações e todos os vídeos sobre o assunto na ordem.

Canal do Chagdud Gonpa Dordje Ling (Por favor assine e faça a prática de Buda da Medicina com o Lama Rigdzin, toda terça feira).


Por favor, ajude o canal o assinando, curtindo os vídeos e comentando.

• Para receber informações sobre a produção de Padma Dorje, assine o boletim informativo

• Por favor ajude este site e o canal no YouTube a continuarem oferecendo conteúdo.

Lista completa de vídeos no canal tendrel, com descrição.

• Visite o Canal Tendrel no YouTube.

Contribuições e perguntas podem ser feitas por email padma.dorje@gmail.com.


tzal.org

O Buda ficou em silêncio ao ser perguntado sobre um criador?

Por que o Buda às vezes não respondia, ou respondia com o silêncio nobre? Esse foi o caso com a noção de um deus criador? (Não, o Buda não ficou em silêncio sobre isso, e sim, ele refutou um criador.)
tzal.org

Se vale tudo, não vale nada

Ao realizar a ausência de eu, já que se realiza a vacuidade de uma coisa, não seria natural simplesmente realizar a vacuidade de todas as outras coisas?
tzal.org

O conceito de ausência de eu

Por que a escola Caminho do Meio diz que o eu não possui sequer uma existência relativa, mas é uma convencionalidade inválida?
tzal.org

Arya Nagarjuna

A figura mais importante no budismo depois do próprio Buda, que elevou termos como “vacuidade”, “interdependência” e “caminho do meio” ao léxico comum budista.




Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue — comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.
tzal.org é produzido por
Padma Dorje.

e-mail

boletim informativo




Banco do Brasil (001)
ag 3.240-9 cc 123.017-4



Sugestões de patronagem recorrente (mensal):








todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2020
(exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)
Licença Creative CommonsEste obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).

https://tzal.org/10-mil-eons-perdido-no-nirvana/