Home > Pessoal > Patronagem

Patronagem












Banco do Brasil (001)
ag 3252-2 cc 23.017-0


Banrisul (041)
ag 0100 cc 35.220.185.0-6

Caso você se interesse pelo trabalho que realizo nesse site, ou queira me ajudar a separar um tempo para a publicação de alguns livros que venho escrevendo — ou para gravar mais música —, você pode me oferecer algum valor em dinheiro. Para este fim disponibilizo contas do Banco do Brasil e Banrisul, e links do Paypal ou Pagseguro no fim dessa página, mas também podemos combinar outras formas de transferência de fundos pelo e-mail.

Trabalho como tradutor, e no que mais aparecer (aulas de inglês, articulista, músico, palestrante), e vivo com um orçamento reduzido. Isso me obriga a dedicar bastante tempo em tarefas que visam meu sustento, tempo que poderia ser utilizado mais focadamente em produção para o benefício de todos. Outra forma de me ajudar é oferecendo trabalho nessas áreas de atuação.

No mundo atual parece haver um retorno à patronagem: isto é, ao reconhecer algo de valor sendo produzido de forma independente, sem vínculo com as grandes empresas, geralmente sentimos simpatia — e essa simpatia muitas vezes pode se refletir em algum patrocínio em dinheiro. Antigamente as famílias abastadas simplesmente sustentavam alguns artistas, cientistas e filósofos pela vida toda — mas hoje, se várias pessoas oferecem quantias modestas, uma produção cultural de nicho pode ser mantida.

Seu nome será citado no conteúdo específico que você deseja patrocinar, e também nesta página. Os valores indicados abaixo são o que imagino precisar para não precisar correr atrás de trabalho freelance durante o tempo necessário para completar o projeto. Você pode contribuir com qualquer valor, e eu espero ter uma lista de pessoas a agradecer, mesmo que o valor total não seja atingido.


Os trabalhos em andamento a que eu gostaria de dar continuidade são:

Algumas respostas sobre o budismo. Uma revisão minuciosa das Perguntas e respostas sobre budismo, e preparação de um glossário, num total de cerca de 400 páginas, que calculo necessitar cerca de 2 meses de trabalho (~6.000 reais).

Um livro sobre economia da atenção e consumo consciente, com alguns textos já preparados (20 mil palavras escritas), que me exigiria um mês de trabalho para completar (3.000 reais).

Nove outros livros, em vários graus de completude, exigindo talvez um ano de trabalho. Alguns dos titulos temporários são 1) Quaint Scribble (Flux Philosophy) (64 mil palavras já escritas); 2) Artigos sobre budismo (40 mil palavras), 3) Projeção na mente: resenhas de filmes (15 mil palavras); 4) A admirável espirituosidade dramática de Eduardo Pinheiro (uma espécie de Restos Mortais II, já com 20 mil palavras); 5) Pós-moderno é (d)o caralho! (40 mil palavras prontas); 6) A ciência e suas distorções (já com 15 mil palavras); 7) um livro sobre política, com 28 mil palavras já escritas; 8) um livro sobre internet e sociedade, com 19 mil palavras já escritas; 9) um livro sobre ética e estética com 15 mil palavras já escritas; 9) um livro sobre ficção científica, com 10 mil palavras já escritas.

Umas oito músicas inacabadas, requerendo cerca de dois meses de trabalho (~6.000 reais). Confira minha produção musical até agora.

Patrocínio para o Atrás do Front, um podcast que faço em conjunto com Eduardo Fernandes (ou outro projeto de Podcast, caso o Eduf não esteja disponível por algum motivo).

Patronos

Na mais de uma década de existência desse website, recebi doações das seguintes pessoas1Em uma versão anterior da página eu indicava os valores recebidos. Após ler "The Guru Drinks Bourbon?" de Dzongsar Khyentse Rinpoche, no entanto, percebi que poderia haver uma semente de desvirtude em fazer isso. Duas das instruções de Jigme Lingpa sobre faltas em termos de receber doações são: "louvar a generosidade de um patrono em público para que um possivel futuro patrono ofereça mais ainda" e "dizer a um patrono quanto outro ofereceu com a intenção dele sentir-se na obrigação de fazer uma oferenda do mesmo valor, ou maior". Embora eu não tivesse essas intenções, preferi retirar os valores.:

Maria Fernandes
Marcelo Mercio Dandrea e Juliana Leote Ribeiro
Marcos Wunderlich
Tânia Lohman
Paulo Wageck
Nitro PC
Fabio Rocha
Thiago A. Gonçalves
Ad Luna
Alexandre José Dória Batista
Leonardo Oliveira Broilo
Guilherme Erhardt
Rafael Mousinho
Lívia Müller D. D Nardi
Ju Missaggia
Marcos Bauch
Graziella Reis de Sant’Ana e Aislan Vieira de Melo
Murillo Antonini Coque
Polliana Zocche de Souza
Lala Crafts (Tatiana)
Rodrigo Miravalles


Além destes, outras pessoas ofereceram apoio de forma contínua, seja na forma de hospedagem e alimentação, ou ofertas de trabalho e repetidas oportunidades pontuais:

Mary Suez
Ruy e Hilda Pinheiro
Lama Padma Samten
Chagdud Khadro
Lama Karma Tartchin
Lama Jigme Lhawang
Antônio Xavier
Zenia Machado
Solange Oliveira
Fabiana Fidelis
Odilon e Elvira
Gustavo Gitti
Fábio Rodrigues
Equipe Papo de Homem
Equipe d'O Lugar
Equipe Portal Homem da Natura
Vitor Barreto da Lúcida letra
Luis Oliveira do Buda Virtual
Daniel Pellizzari
Adriana da Matta
Rosane Rubert
Mateus Kratz
Eduardo Fernandes
Luciana Karine de Souza
Bruna Missaggia
César dos Santos
Stela Santin


Última alteração da página referente a esta URL em 2017-03-24 20:02:35.


Contas para depósito

Banco do Brasil (001)
ag 3252-2 cc 23.017-0

Banrisul (041)
ag 0100 cc 35.220.185.0-6


Outras formas de doar













1. ^ Em uma versão anterior da página eu indicava os valores recebidos. Após ler "The Guru Drinks Bourbon?" de Dzongsar Khyentse Rinpoche, no entanto, percebi que poderia haver uma semente de desvirtude em fazer isso. Duas das instruções de Jigme Lingpa sobre faltas em termos de receber doações são: "louvar a generosidade de um patrono em público para que um possivel futuro patrono ofereça mais ainda" e "dizer a um patrono quanto outro ofereceu com a intenção dele sentir-se na obrigação de fazer uma oferenda do mesmo valor, ou maior". Embora eu não tivesse essas intenções, preferi retirar os valores.




Some content is available in English.

Assine nossas notificações por email:




ou assine nosso feed.


Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue — comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.


Ao clicar no curtir/like acima você curte o site todo, para curtir o conteúdo especifico, procure pelo botão ao final do texto.



autor

tzal.org é produzido por Padma Dorje.

e-mail

@pdorje on twitter

perfil no Facebook







patronagem


Banco do Brasil (001)
ag 3252-2 cc 23.017-0


Banrisul (041)
ag 0100 cc 35.220.185.0-6



atividade recente
direitos
todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2016 (exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)
Licença Creative Commons

Esta obra é licenciada com a Creative Commons Atribuição: Uso não comercial, compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License

Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).