Home > Pessoal > Padma Dorje

Padma Dorje


Nasci em São Paulo, capital, em 1975, sob o nome de Eduardo Pinheiro de Souza. Meu pai foi um diretor regional na Phillip Morris do Brasil e faleceu de câncer do pulmão em 1977. Tive uma prolongada infância-adolescência mimada, vindo a lavar meu primeiro prato aos 22 anos de idade.


Consumidor compulsivo de informação

Desde que aprendi a ler, sempre me considerei um cara de letras, e mantenho uma lista de livros que mais me marcaram. Além dos livros, mantenho uma grande coleção relativamente organizada de arquivos de áudio e vídeo de alguns terabytes. Uma de minhas maiores e constantes preocupações é definir prioridades e obter coerência no consumo desenfreado de informação, daí meu interesse pela área da economia da atenção.

Uso computadores desde 1985, tendo participado de comunidades vinculadas ao Sinclair e ZX Spectrum, ao Amiga 500 e às BBSs — antecessoras da Internet. Vi a Internet nascer no Brasil durante um curso técnico de Processamento de Dados na UFRGS, por volta de 1993. Ocasionalmente uso algum conhecimento de informática para fazer dinheiro, mas considero em geral muito pouco compensador (dinheiro, volume de trabalho, satisfação minha e do cliente — mesmo que eu faça um bom trabalho, o fato é que raramente alguém está feliz com algo feito no computador1Mesmo os serviços, programas e produtos mais badalados do mundo são meros alvos constantes de reclamações: na cultura da obsolescência programada, não olhamos o que há de bom, mas o que há para ser melhorado — portanto é uma corrida constante, e insatisfatória para a maioria que não tem ovos de Colombo ou o perfil de empreendedor.). Mantenho uma lista de softwares e serviços que recomendo.


Budista

Durante a década de 90, trabalhando como bolsista na reitoria da universidade por quatro anos, em vários departamentos, onde tive contato com professores de todas as áreas, acabei me desiludindo com o mundo acadêmico e com os professores em geral, resolvendo não cursar faculdade. Após um período conturbado envolvendo cabala, bruxas e alucinógenos, encontrei a prática do Budismo, e por 12 anos trabalhei unicamente como voluntário em instituições budistas. Fiz principalmente trabalho de divulgação via Web e traduções e interpretações do inglês ao português — mas para o budismo também trabalhei de pedreiro, porteiro, recepcionista, cantor e condutor de liturgias, contabilista, garçon e secretário — com graus variados de sucesso. Veja a lista de centros e professores budistas que pessoalmente recomendo.

Enfim, por recomendação de um professor budista, concluí o bacharelado em filosofia na UFRGS. Algumas vezes chego a cogitar cursar o mestrado.

Para complementar minha renda como tradutor também dou aulas particulares de inglês. Escrevo artigos por encomenda, e posso trabalhar como compositor e produtor musical.


Diletante

Em breve pretendo tomar um tempo para concluir alguns livros em andamento. Já publiquei três livros. Eles foram escritos em português, mas são impressos no exterior e enviados de lá (um deles está disponível para kindle). Colaboro também para o site Buda Virtual, e tive um podcast em parceria com Eduardo Fernandes, o Atrás do Front.

Toco vários instrumentos, mas especialmente a guitarra. Algumas músicas que gravei podem ser encontradas no Sound Cloud e em Coochie Mojo. Por um breve período, produzi alguns trabalhos artísticos. Também adoro cinema, e no IMDb mantenho notas para todos os filmes que assisti. Polêmica e debate também me agradam bastante. Veja os princípios e causas que defendo e alguns conceitos importantes a lembrar.


Hey ho, let's go

Posso ser contactado com perguntas ou ofertas pelo e-mail ou pelo telefone +55 51 81321932. Participo ativamente e compartilho publicamente muita coisa via @pdorje on twitter. Se você quiser colaborar com minhas atividades, por favor o faça.

Última alteração da página referente a esta URL em 2016-07-19 06:15:04.


Veja também


Videos e palestras sobre heurística, budismo e economia da atenção.
Entrevista com Eduardo Pinheiro longa entrevista.
O que aprendi com a heurística vídeo entrevista de 74 minutos preparada pel'O Lugar.
A Política do Led Zeppelin (áudio) conversa de 1h no Atrás do Front, podcast que agora apresento com Eduardo Fernandes.
Sobre o autor em Algumas Respostas Sobre o Budismo.
Artigos encomendados: centenas de milhares de palavras escritas a pedido de patrocinadores.
perfil no Facebook
Amazon wishlist: você pode me agradar com um presente.
Livros que estou lendo neste momento.







bitcoin:1CRNwDFqutCYnBr4KBMtgCnEyx1WSGozZG
litecoin:LSq3g3VD9bcsJpyHKdpJSszN2wad3BCwYB


1. ^ Mesmo os serviços, programas e produtos mais badalados do mundo são meros alvos constantes de reclamações: na cultura da obsolescência programada, não olhamos o que há de bom, mas o que há para ser melhorado — portanto é uma corrida constante, e insatisfatória para a maioria que não tem ovos de Colombo ou o perfil de empreendedor.




Some content is available in English.

Assine nossas notificações por email:




ou assine nosso feed.


Se você vê mérito nos tópicos tratados, divulgue — comente e partilhe nas redes sociais. É uma prática de generosidade que ajuda na minha própria prática de generosidade de produzir e disponibilizar esse conteúdo. Outras formas de ajudar.


Ao clicar no curtir/like acima você curte o site todo, para curtir o conteúdo especifico, procure pelo botão ao final do texto.



autor

tzal.org é produzido por Padma Dorje.

e-mail

@pdorje on twitter

perfil no Facebook







patronagem


Banco do Brasil (001)
ag 3.528-9 cc 23.017-0


Banrisul (041)
ag 0100 cc 35.220.185.0-6


bitcoin:
1CRNwDFqutCYnBr4KBMtgCnEyx1WSGozZG
litecoin:
LSq3g3VD9bcsJpyHKdpJSszN2wad3BCwYB


atividade recente
direitos
todo conteúdo, design e programação por Eduardo Pinheiro, 2003-2016 (exceto onde esteja explicitamente indicado de outra forma)
Licença Creative Commons

Esta obra é licenciada com a Creative Commons Atribuição: Uso não comercial, compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License

Por favor, quando divulgar algo deste site, evite copiar o conteúdo todo de um texto; escolha um trecho de um ou dois parágrafos e coloque um link. O material aqui é revisado constantemente, e páginas repetidas na internet perdem ranking perante o Google (a sua e a minha).